4T14

4T14

Lucro operacional cresce 9,0% e EBITDA ajustado alcança  R$ 54,7 milhões no 4T14

A Eternit apresentou desempenho bem superior ao do setor de materiais de construção, em função da recuperação da demanda reprimida decorrente do alto número de feriados no primeiro semestre e por ser, sazonalmente, um período de maiores demandas para a Companhia. Em contrapartida, o cenário econômico foi desafiador e apresentou queda na demanda por materiais de construção no quarto trimestre de 2014, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT).

O volume vendido do mineral crisotila no 4T14 foi de 66,7 mil toneladas, inferior em 10,8% na comparação com o 4T13, sendo a queda parcialmente compensada pelo maior volume de vendas no mercado externo. No mesmo período, o volume vendido de fibrocimento foi de 229,0 mil toneladas, 5,5% superior em relação ao 4T13, enquanto as telhas de concreto retraíram 21,7% em função de menores demandas no segmento de coberturas de alto padrão, principalmente, no segmento B2C (business-to-customer).

A receita líquida consolidada no 4T14 somou R$ 263,6 milhões, 4,1% superior quando comparada com o 4T13, decorrente, especialmente, de maiores volumes de fibrocimento e mineral crisotila no mercado externo, além da apreciação do dólar frente ao real que neutralizaram os menores volumes das telhas de concreto e do mineral crisotila no mercado interno.

O EBITDA ajustado no 4T14 atingiu R$ 54,7 milhões, 22,2% maior que o registrado no 4T13, em função, principalmente, do crescimento da receita líquida consolidada ser maior que os custos dos produtos vendidos. O lucro líquido apresentou retração de 8,1% quando comparado ao 4T13, atingindo R$ 23,2 milhões no 4T14, decorrente, principalmente, de um resultado financeiro líquido menor e do resultado negativo de equivalência patrimonial.

Os investimentos no quarto trimestre de 2014 somaram R$ 37,2 milhões, 59,4% superior ao registrado no quarto trimestre de 2013, sendo (i) R$ 23,2 milhões à instalação da unidade de pesquisa, desenvolvimento e produção de insumos para materiais de construção no Estado do Amazonas e (ii) R$ 14,0 milhões à manutenção e atualização do parque industrial do Grupo.

2016 © ETERNIT
Todos os Direitos Reservados
Notas Legais
Política de Privacidade
Condições de Uso

imgCapctha